1775

Prefeitura Municipal de Mata de São João

Pular para o conteúdo

Município estende toque de recolher e restringe atividades comerciais

Fonte: ASCOM
11/07/2020 às 16h56

Noticia

Galeria com imagens e vídeos sobre a matéria


Após reunião por vídeo conferência com o governador Rui Costa e outros gestores municipais, o prefeito Marcelo Oliveira determinou a adoção de medidas mais rígidas para a contenção do avanço do Novo Coronavírus em Mata de São João. De acordo com a decisão conjunta, o toque de recolher será estendido por mais uma semana (até as 24h do dia 19) e o funcionamento do comércio em todo o município será restrito.

Com base no Decreto Nº 19.826/2020, publicado hoje (11) pelo Governado do Estado da Bahia, todos os estabelecimentos considerados não essenciais serão fechados da próxima segunda-feira (13) ao dia 19 deste mês. Neste período, só vão funcionar os serviços essenciais, como atividades de mercados, serviços de delivery, farmácias, unidades de saúde, serviços de segurança privada, serviços funerários, postos de combustíveis, indústrias, bancos, lotéricas, estabelecimentos voltados a alimentação e cuidado a animais, oficinas mecânicas, lojas de material de construção e óticas.

Os demais estabelecimentos só poderão funcionar por delivery, com o horário ampliado até as 24h, para compensar. “O objetivo é conter o número de novas contaminações, para, a partir do dia 20, iniciarmos os protocolos de retomada das atividades comerciais em Mata de São João”, explica o prefeito Marcelo Oliveira.

De acordo com o decreto estadual, “fica determinada a restrição de locomoção noturna, vedados a qualquer indivíduo a permanência e o trânsito em vias, equipamentos, locais e praças públicas, das 18h às 05h, a partir da 0h do dia 13 de julho até às 24h do dia 19 de julho.

Marcelo Oliveira embasa a adesão às medidas estaduais no aumento de contaminados pelo vírus no município, que, entre o dia 3 e hoje (11), saltou de 65 para 120 casos ativos. Foi um aumento de 84,6 % em apenas uma semana. O número de internados passou de sete para 11 e 109 pacientes estão em tratamento domiciliar, de acordo com o boletim epidemiológico de hoje.

“Na vídeo conferência com o Governador e demais prefeitos da região, chegamos à conclusão que precisamos deter a curva de contaminação a todo custo”, explica Marcelo Oliveira. “Se continuar nesse ritmo, o número de pacientes com a COVID-19 pode ultrapassar a capacidade de atendimento do sistema público de saúde de um modo geral e vamos ter um maior número de mortos”, alerta o gestor municipal.

Não haverá mais bloqueios dos acessos à cidade a partir dos dia 13, uma vez que, com o comércio não essencial fechado em Mata de São João, não há razão para moradores de outros municípios virem para cá.

Fiscalização rígida - A Fiscalização e a Guarda Municipal vão atuar firmemente para garantir o cumprimento dessas novas determinações. Nesse contexto, o apoio e a compreensão da população serão de fundamental importância para que o objetivo de deter o avanço do novo coronavírus seja alcançado.