1775

Prefeitura Municipal de Mata de São João

Pular para o conteúdo

Prefeitura esclarece que não há interdição no acesso à praias

17/05/2020 às 15h55

Noticia

Galeria com imagens e vídeos sobre a matéria


A Prefeitura de Mata de São João informa que não procede a informação, divulgada em alguns veículos de comunicação, de que o Município interditou acessos à praias da Praia do Forte, como medida de combate ao Coronavírus. Nem na Praia do Forte e nem em nenhuma outra dos seus 28 quilômetros de litoral.

A interdição de praias não está entre as diversas medidas adotadas e divulgadas pela Prefeitura, na prevenção e no combata ao COVID-19. Até porque o fluxo de pessoas nestes ambientes está bastante reduzido. Nas nossas praias não acontece aglomeração de pessoas e por isso a gestão municipal entende que esses locais não oferecem risco à saúde das pessoas.

Agentes da Polícia Municipal fizeram rondas na manhã de hoje em algumas praias da Praia do Forte, com o intuito de fiscalizar o uso de máscaras de proteção, que é obrigatório no município, e observar se haviam aglomerações.

Teste de pacientes - Mata de São João é um dos municípios mais proativos da Bahia na prevenção e no combate ao Coronavírus. Entre outras medidas, está testando, com recursos próprios, todos os pacientes que são diagnosticados pelos médicos como suspeitos, por apresentarem sintomas na doença. Por determinação do Ministério da Saúde, a Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab) só fazem testes em pacientes internados, com sintomas graves da doença e gestantes.

A Prefeitura determinou ainda o uso obrigatório de máscaras em toda a cidade, implantou barreiras sanitárias para medir a temperatura das pessoas e está doando 30 mil máscaras para a população carente. Faz parte das ações também o reforço à equipe saúde e o pagamento de adicional de 40% de insalubridade para os profissionais do hospital que tratarem diretamente com pacientes com COVID 19.

O Município comprou 11 ventiladores de respiração mecânica e outros equipamentos para o Hospital Municipal Eurico Goulart de Freitas e está pronto para montar, caso seja necessário, uma unidade hospitalar de campanha, com cerca de 50 leitos, para atender pacientes com sintomas não graves.

Desde o início de abril a Prefeitura doa mensalmente cestas básicas (com 20 kg de alimento) para os 10 mil alunos da rede municipal de ensino, que estão sem aula, e também para trabalhadores informais, motoboys, ambulantes, manicures, artesãos, entre outros.

Através de decretos, a gestão municipal fechou hotéis e pousadas que têm mais de 50 funcionários e fechou o comércio com mais de 200 metros quadrados, que não sejam essenciais.